sexta-feira, 23 de março de 2012

Estudando Inglês by myself...


Hi girls!
Meu primeiro post e vai ser dos grandes (mas leia vai...o tema é legal e pode te ajudar ;D) Então hoje o assunto é presunto...brincadeirinha...tenho mania boba de falar essas riminhas sem noção hehe

Maas vamos lá. Estudando inglês by myself.
Há anos venho estudando inglês dessa forma...alone...e não é nadica de nada fácil, pelo contrário...você não tem noção se está falando certo ou errado, se está aprendendo certo ou errado, mas o bom é que na maioria das vezes isso funciona, porque as frases que você “acha” que está falando corretamente, fica na memória e ai quando menos se espera, você já sabe falar algo em inglês. Quando pega a manha do estudo by myself, vai ficando fácil.

Vou contar como venho estudando e quais recursos utilizo.

Bom, na escola aprendemos o What is your name? e isso prega na cabeça e não esquecemos mais...pq pq pq? Porque escutamos isso praticamente todos os anos do colegial...primeiro bimestre vamos estudar o Verbo To be  e single present e blá blá...e é assim que funciona. Não esquecemos porque repetimos várias e várias vezes, até que isso fique fixado na memória e saia naturalmente. O segredo é você aprender frases prontas. Ler bastante texto em inglês, ouvir muita música e ver a tradução, até que você escute a música sem a tradução e saber o que cada parte da música está falando. LEMBRANDO QUE O QUE CONTO AQUI SÃO MINHAS EXPERIÊNCIAS ESTUDANDO SOZINHA E URGÊNCIA EM SUPRIR MINHA NECESSIDADE DE CONVERSAÇÃO. Lógico que é mega importante você aprender a gramática. Mas minha necessidade é aprender a falar, mesmo que eu fale errado, mas pelo menos com o intuito dos gringos entenderem onde eu quero chegar. Desde sempre gostei de assistir filmes legendados e com o passar do tempo assisto-os sem legenda. E sim, entendo o que eles querem dizer e já estou ficando boa nisso (eu acho hehe) porque antes eu ficava horas pensando: o que será que isso quer dizer em inglês? E agora não preciso ficar pensando porque algumas palavras vem no automático. E quando leio, não leio traduzindo em mente, como eu fazia na maioria das vezes. Leio em inglês e em mente entendendo o que cada palavra significa em inglês. Não é fácil, mas isso requer dedicação e horas de estudos. Hoje existem milhares de sites gratuitos com bate papo por voz ou chat por text com nativos da língua inglesa. E isso ajuda e muiiiiito a nossa vida, pois você tem a chance de treinar conversação e de graça...e se falar errado? e daí, nem conheço quem é que está do outro lado do mundo...e por ai vai. Mas o importante, nunca deixe de treinar. Seja reading, listening, speaking or writing.  Estudo sozinha porque I don’t have Money para um curso de inglês e outra que acho que as escolas só enrolam a gente, porque se estuda 5/6 anos e nem sai de lá fluente, pq se fosse tão eficaz o sistema de ensino de inglês por essas escolas, porque haveria de segurar um aluno 5/6/7 anos na escola?? Han Han? (Opnião minha)...então resolvi que prefiro estudar sozinha, ir aprendendo no dia a dia e ser au pair because I need to improve my english hehe

Outra coisa que me amarro...músicas e seriados. Para quem tem TV paga, tem o canal multishow, onde todos os dias passa o TVZ. É um programa de clipes musicais legendados. Aquela musica que você tanto gosta, as vezes fala de nada com nada. Então é bom aprender o que estão dizendo nas músicas hehe Séries...ah como eu amo. Amooo friends e não enjoo de assistir. Agora assisto repetidamente sem legenda.

Quando você assiste várias vezes o mesmo programa ou escuta várias vezes a mesma música, quando você se toca, ta cantando a música sem perceber ou falando antes mesmo do ator na série. É igual ao Chaves..quem é que não sabe algum bordão da série??? Mesmo que nunca tenha assistido, mas é porque as pessoas repetem sempre e isso fica na memória. É igual música ruim...quero ver quem é que não sabe a continuação...Na sua boca eu viro fruta...Delícia, Delícia...Secretária, que trabalha o dia inteiro comigo...(Desculpem, agora eu apelei haha) Então mesmo que cante errado, cante! Mesmo que fale errado, fale! Esse é o jeito de aprender...errando!
Hoje utilizo vários recursos para ir melhorando o inglês, falta anos luz ainda para eu chegar a fluência hahaha mas essa vida auperiana irá me ajudar, com muita dedicação eu chego lá =D

Vou deixar aqui alguns livros e sites (a maioria tudo grátis =D) que utilizo e que ajudam muito na busca da fluência em inglês.
English Experts - (Um guia para quem estuda inglês por conta própria via internet, aprendi muita coisa aqui).
Agora Eu Falo (Esse site é magnífico, dá várias dicas de como aprender a falar inglês sem dificuldades)
Rachel English (ajuda a melhorar a pronúncia e já treina o listening).
EF - Englishtown (é uma escola de inglês online, o curso é pago, mas compensa. Todos os dias a cada hora, você pode participar de aulas com professores nativos e ir estudar de onde quiser, pois é online e é você quem define sua Schedule).
Vagalume ( Site de letras de musicas. O legal é que você pode ver a letra e a tradução ao mesmo tempo e escutar a música. Já vai tendo uma noção do que a música ta falando. E depois de aprender a música, tem a opção “complete”, onde você terá que completar com os trechos da música, daí ali você já treina a escrita e listening.)
Shared Talk (site de chat e bate papo. Fiz alguns amigos pelo mundo e ando treinando meu inglês com eles hehe).
Pal Talk (é um programa tipo MSN, onde tem várias salas com vários temas. No tema Education, tem várias salas do tipo Learn English e professores ou nativos dando dicas e tirando dúvidas sobre o idioma).
Elllo (Ótimo para treinar listening).

Bom agora alguns livros que uso para estudar...
Fale Bem Inglês – Ben Parry Davies (Edª Elsevier) – um livro muito bom, aborda temas do cotidiano e ao final de cada capitulo tem exercícios com respostas no final do livro. No site da editora pode baixar o arquivo de áudio do livro, pois tem áudio do livro TODO.
Chats e Expressões – Joseph R. Morgan (Edª 21) – Um livreto com mais de 2.800 expressões idiomáticas faladas no cotidiano.
English in 20 minutes a Day – Reader’s Digest (revista seleções) – Ganhei da minha mãe. É o típico intituto universal brasileiro hehe é legal e dá pra aprender coisas básicas. Tem livros de Grammar e exercícios com cd de todos os capítulos.
Prhasal Verbs – Oxford – Acho um pouco complicado, mas é um excelente livro.
Uma peça fundamental nos meus estudos é meu namorado hehe ele tem curso de inglês e fala muito bem...então todas as dúvidas é pra ele que pergunto hehe Professor assim só lá em casa hehe

Bom meu povo...se deixarem não paro de escrever nunca hehe Mas é isso o que eu tenho para falar. Minha experiência estudando inglês sozinha durantes alguns anos. Quem tiver alguma dúvida de algum site ou livro, podem perguntar que responderei imediatamente. =D Minha vida hoje é em função da vida auperiana.

Ah e uma ótima noticia: fiquei Online na quarta hihi agora, como diria meu amigo Fausto Silva, mais do que nunca, tenho que estar com o inglês maomeno para poder falar com as family!!!

Até mais vê...
XOXO


3 comentários:

  1. Ameei esse post cheio de dicas flor....ja salvei ate os sites, e vamos combinar que tbm amooo fazer essas riminhas, hahaha é mt engraçado ao vivo a e a cores!!rs
    Bjsss!!!

    ResponderExcluir
  2. Jéssica! mto bom o post!
    eu faço q nem vc..eu estudei por 2 anos em uma escola de inglês...aprendi sim, mas cá entre nós, eu poderia ficar por 10 anos lá e não falar. Fiz quase 1 ano com profs nativos e foi completamente diferente da escola de inglês..foi aí q comecei a me soltar e a falar..eu vi o qto as escolas ensinam "inglês de índio"..no primeiro dia q fui flar com o prof nativo, ele já flou: sinceridade. Aqui a gente não prende aluno, vc n tem q pagar multa nenhuma se quiser sair do curso, o material eles davam, mas uma coisa ele deixou clara: se vc realmente QUER falar inglês..faça um intercâmbio, pq escola nenhuma vai te proporcionar oq um intercâmbio irá...e eu acho isso tbm.
    Ótimo o seu post..hj eu n faço + inglês, estudo e sempre me dediquei msm antes de entrar em uma escola de inglês, pois, sempre gostei da língua e cm ctz isso ajuda e muuuito!
    É isso aí, a gente tem q ralar rsrsrs (caramba! isso parece um post!)
    Parei rsrs..bjsss =*

    ResponderExcluir
  3. Adorei! queria ter essa dedicação, mas eu não tenho. :/ Admiro muito quem tem! Estudei inglês oito anos (mas minhas mamis trabalhava nessa escola, então estudei tudinho de graça, só paguei livros). :)

    Beijooos

    ResponderExcluir